Politica MT /

Sexta-feira, 06 de Setembro de 2019, 00h:30

A | A | A

CPI da Renúncia e Sonegação Fiscal convoca ex-governador Silval Barbosa, presidente da Amaggi e doleiro

Foto: ANGELO VARELA / ALMT A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Renúncia e Sonegação Fiscal aprovou oito...


Imagem de Capa
Foto: ANGELO VARELA / ALMT A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Renúncia e Sonegação Fiscal aprovou oito requerimentos durante reunião ordinária na tarde desta quinta-feira (5). Entre eles, estão convocações do ex-governador do estado Silval Barbosa, do empresário Judiney Carvalho e do doleiro Lúcio Bolonha Funaro. Segundo o presidente da CPI, deputado Wilson Santos, o presidente do grupo Amaggi, Judiney Carvalho, será chamado para falar especialmente se a empresa contribui para o Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab). “A empresa foi acusada em Plenário pelo deputado Lúdio Cabral (PT) de não pagar Fethab, nada mais justo que dar oportunidade para a empresa se defender”, explica o parlamentar. Sobre o doleiro Lúcio Funaro, Wilson Santos diz que o interesse é de ter informações já contadas na CPI do BNDES, em andamento na Câmara Federal. “Convocamos porque ele fez graves acusações a agentes políticos e empresários de Mato Grosso durante seu depoimento na Câmara dos Deputados”, destacou o deputado. Já o ex-governador Silval Barbosa será perguntado sobre sonegação fiscal no período em que esteve à frente do estado. Ainda foi convocado pela CPI da Renúncia e Sonegação Fiscal o superintendente do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), Daniel Latorraca Ferreira. Os parlamentares também vão solicitar à Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz/MT) e ao Tribunal de Contas do Estado (TCE/MT) todos os relatórios produzidos referentes à sonegação fiscal e que foram encaminhados a órgãos competentes para instauração de inquérito. Os deputados ainda decidiram pedir à Sefaz uma lista das ações de fiscalização realizadas pela pasta nos últimos cinco anos com alvo em setores investigados pela CPI (agronegócio, frigoríficos, mineração, combustíveis). Os últimos requerimentos aprovados pedem compartilhamento de provas da delação dos empresários Joesley e Wesley Batista e da CPI do BNDES. “Queremos compartilhar tudo que trata de Mato Grosso para sabermos o que houve de sonegação, o que é possível replicarmos aqui ou reconvocarmos”, comentou Wilson Santos sobre a CPI aberta na Câmara dos Deputados. Andamento dos trabalhos – Na próxima semana, a CPI da Renúncia e Sonegação Fiscal deve fazer duas reuniões. Na terça-feira (10) às 9h, o prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio, falará sobre a experiência que teve no comando da CPI de mesmo tema instalada na Assembleia em 2015. Enquanto na quinta-feira (12) é esperado que alguém, ainda a ser definido, seja ouvido.    “A CPI [está] voltando com força total. Estamos organizando material e vamos ouvir várias pessoas para que a gente realmente possa chegar ao nosso objetivo que é diminuir a sonegação fiscal e aumentar com isso a arrecadação do estado”, garantiu o deputado Max Russi (PSB).

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

26/06 - Em cerimônia pontuada por bom gosto e emoção na Igreja Matriz, Thayara Rodrigues & Duan Pilonetto receberam a bênção matrimonial no último sábado, 22. Impecavelmente vestida pelo estilista mais famoso do Brasil, Lucas Anderi, a noiva emocionou os convidados logo antes da sua entrada com depoimento para o noivo. Já ele usava um terno Camargo, sendo que o estilista fez questão de colocá-lo em suas redes sociais. Com um flashmob feito pela Musique Casamentos, cantores e violinos surgiam entre os convidados enquanto as alianças eram conduzidas pela avó da noiva ao altar. Queima de fogos iluminaram a noite ao final da cerimônia religiosa. O salão do Centro de Eventos Primacredi foi transformado com suntuosa decoração por Anna Carolina para receber o em torno de 500 convidados para a celebração da boda. O buffet sempre agradável de Dulce Aguiar, (Roo) servia de volantes como as panelinhas quentes até um buffet de comida japonesa requintado, na ímpar noite que foi adoçada pelas receitas de Claudete Zandoná. A animação da festa ficou a cargo da Banda Bis de Cuiabá, além do receptivo da Musique com apresentação do Brass Live durante a festa que foi até as 6 da manhã. Um dos pontos altos da noite foi a surpresa feita pelos padrinhos que interromperam o final da apresentação dos noivos, surpreendendo com todas as músicas que os recém casados gostam e fazendo a festa já pegar fogo, mais uma das brilhantes ideias do Cerimonial Fabiano Fernandez que produziu e atendeu todo o evento com a mesma maestria de sempre, já conhecida e aprovada. Confira mais flashes by Marcello Holanda . Fotos oficiais Fares Rames.

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.