Internacional /

Terça-feira, 10 de Setembro de 2019, 14h:30

A | A | A

Moro determina que PF investigue agentes por suposta fraude contra Hélio Negão

arrow-options Marcos Corrêa/PR - 29.8.19 Ministro quer saber por que o nome do deputado foi envolvido em investigação da PF O ministro da Justiça,...


Imagem de Capa
Moro arrow-options
Marcos Corrêa/PR - 29.8.19
Ministro quer saber por que o nome do deputado foi envolvido em investigação da PF

O ministro da Justiça, Sergio Moro , determinou à Polícia Federal que investigue suposta fraude de policiais federais numa investigação sobre o deputado Hélio Negão (PSL-RJ) , um dos mais próximos aliados do presidente Jair Bolsonaro. Num ofício endereçado ao diretor-geral em exercício da Polícia Federal, Disney Rossetti, Moro  determina "imediata apuração dos fatos no âmbito administrativo e criminal, com a identificação dos responsáveis".

Leia também: Madrasta envenena e mata enteada de 11 anos para conseguir herança

O ministro exige também ser informado "sobre os desdobramentos" da investigação. O ofício foi enviado nesta segunda-feira, no primeiro dia de férias do titular do comando da PF, Maurício Valeixo. O pedido de Moro tem como base uma nota publicada na sexta-feira pela "Veja" e depois pela "Folha de S. Paulo" de que haveria uma investigação contra Hélio na PF.  A revista afirma que esse seria o real motivo da polêmica ingerência de Bolsonaro e a possível troca de comando da instituição.

A investigação seria sobre uma outra pessoa, mas com o mesmo apelido do deputado amigo de Bolsonaro . Moro argumenta que, segundo o texto do jornal, o nome do deputado teria sido incluído de forma fraudulenta na investigação "com o aparente intuito de manipular o governo federal contra a Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro".

Atritos com a PF

No mês passado, numa entrevista na saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro disse, sem ser perguntado, que o superintendente da PF no Rio, Ricardo Saadi , seria afastado do cargo por problema de "gestão" e "produtividade". A vaga dele seria ocupada por Alexandre Saraiva, superintendente da PF no Amazonas.

Leia também: Polícia prende homem que asfixiou, estuprou e matou freira de 61 anos

A declaração de Bolsonaro foi considerada uma intervenção do presidente na PF. Até então nenhum outro presidente da República falara publicamente sobre troca de superintendentes, cargo administrativo e de segundo escalão da polícia. Numa nota, divulgada logo depois da entrevista de Bolsonaro, Valeixo informou que Saadi sairia sim, mas por vontade própria.

O diretor-geral afirmou também que Saadi seria substituído por Carlos Oliveira, superintedente da PF em Pernambuco, e não por Saraiva. Nos dias seguintes, Bolsonaro disse que, diante da polêmica da indicação dele para a superintendência no Rio, ele mesmo trocaria o diretor-geral da PF à revelia de Moro. A explicação era de quem manda é ele, o presidente, e não o ministro da Justiça.

Na sequência da pressão do presidente, Valeixo entrou em férias por dez dias. Agora, em mais uma capítulo da crise, Moro pede que a polícia investigue suposta fraude cometida por policiais no curso de uma ação política.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

26/06 - Em cerimônia pontuada por bom gosto e emoção na Igreja Matriz, Thayara Rodrigues & Duan Pilonetto receberam a bênção matrimonial no último sábado, 22. Impecavelmente vestida pelo estilista mais famoso do Brasil, Lucas Anderi, a noiva emocionou os convidados logo antes da sua entrada com depoimento para o noivo. Já ele usava um terno Camargo, sendo que o estilista fez questão de colocá-lo em suas redes sociais. Com um flashmob feito pela Musique Casamentos, cantores e violinos surgiam entre os convidados enquanto as alianças eram conduzidas pela avó da noiva ao altar. Queima de fogos iluminaram a noite ao final da cerimônia religiosa. O salão do Centro de Eventos Primacredi foi transformado com suntuosa decoração por Anna Carolina para receber o em torno de 500 convidados para a celebração da boda. O buffet sempre agradável de Dulce Aguiar, (Roo) servia de volantes como as panelinhas quentes até um buffet de comida japonesa requintado, na ímpar noite que foi adoçada pelas receitas de Claudete Zandoná. A animação da festa ficou a cargo da Banda Bis de Cuiabá, além do receptivo da Musique com apresentação do Brass Live durante a festa que foi até as 6 da manhã. Um dos pontos altos da noite foi a surpresa feita pelos padrinhos que interromperam o final da apresentação dos noivos, surpreendendo com todas as músicas que os recém casados gostam e fazendo a festa já pegar fogo, mais uma das brilhantes ideias do Cerimonial Fabiano Fernandez que produziu e atendeu todo o evento com a mesma maestria de sempre, já conhecida e aprovada. Confira mais flashes by Marcello Holanda . Fotos oficiais Fares Rames.

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.