propaganda

CIDADE /

Quarta-feira, 08 de Janeiro de 2020, 11h:00

A | A | A

Vendas de final de ano são comemoradas pelas entidades representativas do comércio

Esse ano a campanha teve um apoio institucional da prefeitura e do Governo Federal


Imagem de Capa
Paulo Pietro

O final de ano para os comerciantes de Campo Verde, como era esperado, foi melhor do que os anos anteriores recentes, a economia reagiu no município e os números de vendas foram satisfatórios.

 

Boa parte desse fomento partiu da campanha Natal Premiado, promovida pelo CEMP (Centro Empresarial de Campo Verde) resultado da união de forças das entidades comerciais Acicave e CDL do município.

 

Apesar de algumas reclamações, o resultado da campanha foi positivo, segundo o que nos explicou o gestor executivo da Acicave e CDL, Henrique Cesar de Arruda Soares, “o Natal Premiado conta com tradição de 21 anos de realizações em Campo Verde, nesta 22° edição as expectativas foram atendidas, movimentamos os comércios não somente do Centro, mas também dos bairros, os consumidores de diversas regiões da cidade tinham diversas opções de compras. Um dos nossos objetivos primários que era fazer com que o consumidor local não precisasse sair da cidade para realizar suas compras e foi visível o aumento da procura, sinal de que conseguimos atender essa expectativa. Em termos gerais de se fazer uma campanha para o fomento do comércio local, conseguimos acertar em cheio, os comerciantes ficaram muito satisfeitos com o movimento que tiveram.”

 

Esse ano a campanha teve um apoio institucional da prefeitura e do Governo Federal, em função da nova legislação da “Liberdade  Econômica” que desburocratizou a questão de horários, alvarás de funcionamento, que expandiu os leques de opções dos comerciantes locais, que puderam e ainda podem abrir aos sábados, domingos, estender seus horários de funcionamento e atender o seu publico da melhor forma.

 

Além disso, a administração municipal foi uma das patrocinadoras da campanha e de forma inovadora, pode inserir na campanha mesmo os comércios que não poderiam estar patrocinando o evento, eles adquiriram 25 mil cupons, qualquer consumidor munido de nota fiscal de compras realizadas na cidade poderia retirar seu cupom na secretaria de desenvolvimento econômico durante o período pré-determinado.

 

Esse ano, os cupons que concorreram as premiações, tinham que ser cadastrados em um site de maneira on-line, graças a essa inovação foi permitido que todos os dados estatísticos da campanha fossem acompanhados em tempo real, em consequência disso “um grande beneficio para os patrocinadores, que investiram recursos na campanha, é uma grande base de dados quantitativos e qualitativos, que vão estar sendo disponibilizados para cada um dos nossos patrocinadores a partir dessa semana. Dentre esses dados estão contatos de e-mail, telefones, quantidade de cupons cadastrados, quem são os principais compradores, gênero, faixa etária, se são consumidores fieis, ou esporádicos,  com essa base de dados ele pode trabalhar durante todo o ano de 2020, fidelizando clientes, trabalhando promoções para determinado grupo e assim por diante. É uma grande valia para quem trabalha no comércio uma base de dados reais como esta,” explicou Henrique.

 

Em resumo apesar de algumas divergências, a campanha atendeu as expectativas do comércio local, que vem galgando cada vez mais espaço na economia da cidade, atraindo novos investimentos, gerando empregos, e deixando a impressão de que o comércio local hoje atende todas as expectativas de consumo.              

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz