propaganda

Policial /

Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2021, 12h:02

A | A | A

PF e Receita apreendem 9 kg de cocaína ocultos nas estruturas de malas de viagem

Guarulhos/SP - A PF, em ação conjunta com a Receita Federal, apreendeu entre os dias 21 e 22/2, no Aeroporto Internacional de São Paulo, mais de 9...


Imagem de Capa
Polícia Federal

Guarulhos/SP - A PF, em ação conjunta com a Receita Federal, apreendeu entre os dias 21 e 22/2, no Aeroporto Internacional de São Paulo, mais de 9 kg de cocaína com passageiros de voos internacionais.

Servidores da Receita Federal da equipe do K9, que atuavam na fiscalização de bagagens despachadas, na madrugada do domingo (21), perceberam a indicação do cão farejador para uma mala que iria para a Etiópia. A mala suspeita foi submetida ao aparelho de raio-x, sendo possível verificar substância orgânica em suas estruturas. O passageiro foi localizado pelos servidores no portão de embarque e conduzido para uma sala reservada, onde fez o reconhecimento de sua bagagem. Na presença do passageiro e testemunhas, a mala foi aberta e os servidores encontraram um pó com odor característico da droga cocaína. O suspeito, um nigeriano de 43 anos, que havia solicitado refúgio no país, foi levado à sede policial e preso após os exames periciais confirmarem que os quase 3 kg da substância encontrada era cocaína.

Na manhã de hoje, policiais federais abordaram um passageiro para entrevista e revista das bagagens. O homem, nacional da Venezuela, que embarcaria para Doha, no Catar, foi preso ao serem encontrados mais de 6 kg de cocaína, distribuídos em dois volumes, ocultos em um fundo falso de sua mala.

Os presos serão apresentados à Justiça Federal, onde responderão pelo crime de tráfico internacional de drogas.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos

Contato: (11) 2445-2212

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Caso a vacina para a Covid-19 seja liberada no Brasil, você pretende tomar?
Sim, se for a Chinesa
Sim, se for a Russa
Sim, se fosse outra
Nem pensar
Não tenho opinião formada sobre o assunto