propaganda

Crime /

Quinta-feira, 01 de Dezembro de 2011, 10h:03

A | A | A

Politec e Civil reconstituem a morte do Cb Kennedy

A reconstituição foi realizada com bases na versão do suspeito.


Priscila Carreiro, da Redação

 

Foto: João Paulo Rezende
A reconstituição foi realizada a pedido da defesa do suspeito, Eduardo Gomes da Silva.

 

Na tarde de terça-feira, 29, a Polícia Civil e a Politec fizeram, a reconstituição do assassinato do Cabo da Polícia Militar, Adrenilson Kennedy da Silva, morto na madrugada do dia 17 de agosto, em uma rua lateral ao Cemitério de Primavera do Leste, com dois tiros.

A reconstituição foi realizada a pedido da defesa do suspeito Eduardo Gomes da Silva, 20 anos. Ele foi levado ao local do crime e peritos da Polícia Técnica fizeram uma reprodução simulada dos fatos, baseada na versão de Eduardo.

O suspeito apresentou duas versões diferentes para o caso ao delegado Jesset de Lima. Na primeira ele afirmou que estava voltando sozinho de um espetinho na Av. Belo Horizonte e que um homem de moto parou ao seu lado afirmando que iria matá-lo e disparou um tiro na boca do suspeito. Este "partiu pra cima" do motociclista, pegou a arma e deu dois tiros nele, fugindo em seguida. Na segunda versão, Eduardo afirmou que estava em uma casa que era uma boca de fumo e ao sair, com o dono da casa, "Neguinho", foram surpreendidos por um homem de moto, que disparou um tiro que pegou na boca de Eduardo, então Neguinho tirou a arma do motociclista e disparou os dois tiros que mataram o policial. Eduardo alegou não saber onde encontrar Neguinho, que só conhece de vista e que ele mora em Cuiabá. O suspeito afirma também não conhecer a vítima e estar morando em Primavera há pouco tempo.

De acordo com o Delegado Jesset de Lima, é necessário aguardar os laudos dos peritos. "Ainda não se pode afirmar nada, temos de esperar a conclusão dos peritos", declara.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a redução de vereadores em Primavera do Leste?
Sim
Não, prefiro a redução do duodécimo
Não tenho opinião formada sobre o assunto