propaganda

EFEITO COVID-19 /

Segunda-feira, 01 de Março de 2021, 10h:50

A | A | A

UTI-Covid atinge novamente o limite e HMCJ decide por suspender as cirurgias eletivas momentaneamente

Para atender a demanda outros três leitos que estavam sendo utilizados como isolamento, foram equipados com respiradores


Imagem de Capa
Da Redação

A UTI Covid-19 do Hospital Coração de Jesus em Campo Verde, mais uma vez chegou ao seu limite na tarde deste domingo (28), além disso, outros três leitos que estavam sendo utilizados como isolamento, foram equipados com respiradores e estão também sendo utilizados como leitos semi-intensivos, já que existia a demanda de pacientes que necessitam de suporte de vida neste momento e não havia sequer uma vaga de UTI em toda região, inclusive em Cuiabá e Rondonópolis.

Segundo a informação obtida com o Diretor Clínico do Hospital Coração de Jesus, o médico Wilian Eckert, a situação é realmente de colapso novamente no sistema de saúde, a preocupação da equipe clínica é que os casos mais graves da doença vêm aumentando em toda região. “Dessa maneira não teremos tempo de recuperar um paciente para a chegada de outro, consequentemente podemos correr risco de não conseguir prestar atendimento, isso é muito grave”.

Mais do que nunca os cuidados como evitar aglomerações, utilizar máscaras, lavar as mãos constantemente, fazer o uso de álcool gel 70% quando não for possível lavar as mãos e manter o distanciamento de outras pessoas em locais de maior fluxo de pessoas, estão sendo necessários mais do que nunca.  

No final da tarde de domingo, inclusive o prefeito de Campo Verde, Alexandre Lopes, esteve no hospital para verificar a situação, ele comentou que apesar de não ser sinal para pânico, é um alerta para a população que ainda não está fazendo sua parte.

Sem vagas de UTI-Covid no momento, o corpo clínico do Hospital Coração de Jesus achou por bem suspender também as cirurgias eletivas que estão marcadas para os próximos dias no hospital até que a situação volte a se normalizar. A decisão foi referendada pelo prefeito Alexandre, que explicou “que as decisões técnicas tem que ser respeitadas neste momento, então assim que for possível vamos retornar com o agendamento dessas cirurgias eletivas”.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Caso a vacina para a Covid-19 seja liberada no Brasil, você pretende tomar?
Sim, se for a Chinesa
Sim, se for a Russa
Sim, se fosse outra
Nem pensar
Não tenho opinião formada sobre o assunto