SECRETARIA /

Quarta-feira, 01 de Abril de 2020, 10h:19

A | A | A

Henrique Gatto deixa a Secretaria de Infraestrutura

Ex-secretário pretende ser candidato a vereador


Imagem de Capa
Jaqueline Hatamoto

Na última terça-feira (31), Henrique Gatto, que ocupava o cargo de secretário de obras e Infraestrutura, utilizou as redes sociais para comunicar que está deixando a pasta. A exoneração de Gatto foi publicada na portaria 216/20, em Diário Oficial que circulou no dia 30.

O motivo apresentado pelo ex-secretário, foi que ele deve se dedicar a um projeto maior. “Foram um ano e dois meses à frente da secretaria. Gostaria de agradecer a confiança depositada em mim. Gostaria de dizer aos meus amigos que estou saindo hoje, para um projeto maior, para ser pré-candidato a vereador. Gostaria de agradecer desde o gari até os coordenadores que me ajudaram”, ressaltou Gatto.

 

valmir.jpg

Valmir Antônio de Oliveira

Com a exoneração de Henrique Gatto, quem assume a secretaria é Valmir Antônio de Oliveira que já atua na Secretaria de Infraestrutura.

De acordo com a legislação atual, o prazo para a desincompatibilização é de até seis meses antes do pleito, ou seja, no próximo dia 4. Todas as pessoas que ocupam cargos públicos e que desejam se candidatar a cargos eletivos devem se afastar dos cargos na próxima sexta-feira (3).

desincompatibilização representa o afastamento obrigatório de cargo público do postulante à candidato até um determinado prazo antes da eleição. A medida busca assegurar que não haja nenhum tipo de influência por parte daquele que já ocupa cargo público e deseja concorrer novamente, além de zelar pela igualdade dos candidatos na disputa. O prazo de afastamento muda de acordo com o cargo que o postulante a candidato ocupa.

Vale destacar que a regra não vale para o cargo de prefeito, vice-prefeito e vereador.

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz