propaganda

SAÚDE /

Segunda-feira, 12 de Abril de 2021, 06h:30

A | A | A

Clínica de Hemodiálise anuncia fim de atendimento em Primavera

Prefeitura diz que irá credenciar outra empresa e que pacientes não serão prejudicados


Imagem de Capa
Jaqueline Hatamoto

Responsável pelo atendimento de 45 pacientes por mês de Primavera do Leste e da região, que necessitam do tratamento via Hemodiálise, a Nefrovita, por meio de nota informou que deve deixar de realizar atendimentos em Primavera do Leste no final deste mês. A prefeitura ressaltou que já tem realizado reuniões afim de garantir o prosseguimento dos atendimentos.

A justificativa dada pela empresa, através de nota enviada ao Jornal O Diário, foi que após a não renovação do contrato das UTI’s do Hospital das Clínicas que eram geridas pela Intensicare, e que passaram a ser gerenciadas pelo hospital, a atividade da Nefrovita tornou-se o financeiramente inviável. “Neste momento, no entanto, o prosseguimento das atividades torna-se financeiramente insustentável, vez que não houve renovação do contrato da UTI no Hospital das Clínicas, operação que dava o lastro imprescindível ao grupo para manutenção dos trabalhos na Nefrovita”, diz parte da nota, que ainda ressalta que “tal importância desse modelo de funcionamento sempre foi tratado de forma transparente e aberta junto ao poder público, e o descredenciamento da UTI inviabiliza a qualidade prezada pelo grupo e merecida pela população”.

img_nefrovita.jpg

 

 

A clínica encerra as atividades no dia 30 de abril, o prazo foi dado levando em consideração o remanejamento dos pacientes.

A Nefrovita é a primeira clínica de hemodiálise de Primavera do Leste. Inaugurada em fevereiro de 2018, foi criada com o objetivo de facilitar e levar qualidade de vida aos pacientes do município e cidades próximas que se submetiam a longas viagens para o tratamento. Com capacidade de atendimento de 150 pacientes por mês, a Nefrovita atendia 45 pacientes por mês de Primavera do Leste e da região. Antes da inauguração da Clínica os pacientes de Primavera, precisavam ir até o município de Rondonópolis para receber atendimento.

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Nefrovita, clínica especializada em nefrologia, agradece à população de Primavera do Leste e ao poder público pela parceria firmada ao longo dos últimos três anos, levando atendimento de altíssima qualidade a quem procurou a unidade. Durante esse período, cerca de 45 pacientes por mês foram recebidos e tratados segundo os mais modernos critérios, sempre com o máximo cuidado.

O suporte oferecido pela clínica impactava positivamente também outros municípios, como Paranatinga e Poxoréu, inclusive com a realização de hemodiálise.

Neste momento, no entanto, o prosseguimento das atividades torna-se financeiramente insustentável, vez que não houve renovação do contrato da UTI no Hospital das Clínicas, operação que dava o lastro imprescindível ao grupo para manutenção dos trabalhos na Nefrovita.

Tal importância desse modelo de funcionamento sempre foi tratado de forma transparente e aberta junto ao poder público, e o descredenciamento da UTI inviabiliza a qualidade prezada pelo grupo e merecida pela população.

Para que haja tempo de remanejamento dos pacientes, a unidade manterá os trabalhos até o dia 30 de abril de 2021. Nossa gratidão a cada família que sempre confiou em nós.

 

PREFEITURA DIZ QUE INICIARÁ PROCEDIMENTO DE EMPRESA INTERESSADA NO ATENDIMENTO

Por meio de nota encaminhada pela Assessoria de Imprensa, a prefeitura de Primavera do Leste, por meio da Secretaria de Saúde, confirmou que a Nefrovita não quis renovar o contrato com a prefeitura, e que um outro credenciamento de interessados em realizar o atendimento será aberto, e que inclusive reuniões já foram feitas para solucionar o problema até o fim deste mês.

O poder público garantiu que os pacientes não serão prejudicados e não vão precisar se deslocar para outros municípios para receber atendimento.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Caso a vacina para a Covid-19 seja liberada no Brasil, você pretende tomar?
Sim, se for a Chinesa
Sim, se for a Russa
Sim, se fosse outra
Nem pensar
Não tenho opinião formada sobre o assunto