CAIU NA REDE /

Sexta-feira, 10 de Janeiro de 2020, 07h:00

A | A | A

Empresas de transporte escolar contratadas pelo Executivo são de diferentes proprietários

Desde 2015 a Nova Service presta serviço ao município. Já a Top Service começou em 2018. Prefeitura pagou cerca de R$ 900 mil em 2019


Imagem de Capa
Pérsio Souza

A Prefeitura de Primavera do Leste gastou R$ 896.524,35 em transporte escolar durante o ano de 2019. São duas empresas que prestam este tipo de serviço ao município, sendo a Nova Service e Top Service. Ambas participaram de pregão e venceram o certame de forma legal, prevista em lei, conforme o Executivo. Os valores estão disponíveis no Portal da Transparência.

O assunto em relação aos valores pagos às empresas de transportes foi levantado pelo vereador Luis Costa, que através das redes sociais, publicou a quantia paga para a Top Service no valor de R$ 588.544,50, referente a 2019. Na publicação o parlamentar diz que a empresa pertence a um familiar de um vereador parceiro do prefeito.

Em pesquisa no Portal da Transparência, consta o valor de R$ 588.544,50 à Top Service e o de R$ 307.979,85 para a Nova Service, que também presta serviço de transporte.

Em consulta à Receita Federal, através do CNPJ disponibilizado no documento, as empresas estão em nomes distintos. A Top Service tem como proprietário Gabriel Romagnoli Fracarolli. Já a Nova Service é uma sociedade entre Suzerlei Aparecida Romagnoli e Thiago Fracarolli.

Em nota divulgada pela Assessoria de Imprensa, a Prefeitura esclarece que estas empresas estão há anos no mercado e que prestam serviço ao município desde 2015 (Nova Service) e 2018 (Top Service).

 

ALUGUEIS

Em maio do ano passado, O Diário publicou uma reportagem em relação à quantia que a prefeitura gasta com aluguel. Na época, conforme o relatório repassado pelo Poder Executivo, são 19 prédios que são utilizados para abrigar sede de dioceses, delegacias, escolas, creche, secretarias, entre outros serviços, que totalizavam R$ 125.856,72.

Em algumas publicações feitas por Luis Costa, ele cita um imóvel locado por R$ 15 mil mensal em nome de Nardes & Cia. Em nota divulgada, o Poder Executivo esclarece que este contrato foi firmado em 2015.

Dos contratos feitos pela prefeitura, todos são de no mínimo 12 meses e dispensaram licitação, o que é permitido pela Lei nº 8.666/93, que institui normas para licitações e contratos da Administração Pública. Conforme o documento, o ato de dispensa deve ocorrer em casos emergenciais; de escolha do fornecedor; justificativa de preço; ou comprovação de projetos que comprovem benfeitoria.

 

NOTA NA ÍNTEGRA

A Prefeitura de Primavera do Leste informa, para o esclarecimento à população, que as empresas de transportes escolares, mencionadas pelo vereador Luis Costa – a Nova Service e a Top Service – são organizações que estão há anos no mercado e que prestam serviços para a Prefeitura: Nova Service desde 2015; e Top Service desde 2018. Ambas participaram de pregão e venceram o certame de forma legal, prevista em lei.

Com relação ao aluguel do prédio onde ficam as instalações da Cooperlimp, o contrato foi firmado desde 2015, antes mesmo da atual gestão assumir o Poder Executivo.

A Prefeitura lamenta que o vereador que mais se diz vítima de “Fake News” seja o agente público que mais divulga com má fé e manipulação de dados com o intuito de denegrir e distorcer os fatos.

A Prefeitura está disponível para quaisquer esclarecimentos e coloca tudo à disposição, inclusive, do Ministério Público.

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz