propaganda

CONFIRMADO /

Segunda-feira, 22 de Novembro de 2021, 06h:30

A | A | A

Usina de etanol de milho irá se instalar em Primavera do Leste

Investimento previsto é de R$ 2,3 bilhões. Obras de terraplanagem já começaram


Imagem de Capa
Jaqueline Hatamoto

Está prevista para o início de dezembro de 2021, em Primavera do Leste, o ato de lançamento da pedra fundamental da unidade da FS Bioergia, a primeira e maior produtora de etanol do Brasil que utiliza 100% de milho na fabricação dos seus produtos: etanol, nutrição animal e energia elétrica. O anúncio da expansão da empresa em Mato Grosso foi feito pelo CEO da FS, Rafael Abud, em uma entrevista ao Valor Econômico. A unidade de Primavera do Leste, será a terceira a ser construída no estado.

“Primavera do Leste é uma região muito importante para a FS devido à grande oferta de milho e sua localização estratégica para distribuição dos nossos produtos”, afirma o CEO da FS, Rafael Abud, que complementa: “Já estamos inclusive negociando”.

De acordo com reportagem publicada pelo Valor Econômico, o investimento previsto é de R$ 2,3 bilhões. Este montante inclui duas fases de construção, ou seja, já prevê uma ampliação, diferente das usinas construídas em Lucas do Rio Verde e Sorriso, onde as obras ocorreram por fases.

A expectativa é que as operações da nova unidade em Primavera do Leste tenham início em junho de 2023. A estimativa é que sejam gerados cerca de 8 mil empregos indiretos durante as fases de obras e 500 empregos diretos e indiretos durante o seu funcionamento.

Os trabalhos de terraplanagem da unidade já foram iniciados, os executivos da empresa de bioenergia buscam agora concluir financiamentos com bancos nacionais e estrangeiros para garantir recursos para o novo ciclo de expansão. Vale destacar que a FS é controlada pelo fundo americano Summit Agricultural Group.

Através das redes sociais, o prefeito de Primavera do Leste, Leonardo Bortolin, comemorou a vinda da empresa para a cidade. “Estou feliz demais em poder receber a notícia de forma oficial da vinda da FS Bioenergia em nossa cidade. Já há algum tempo temos participado de várias conversas junto a diretoria da empresa, a qual vem reescrevendo uma nova etapa no desenvolvimento econômico do Estado de Mato Grosso, nas regiões onde se prospecta e se instala uma de suas unidades. O Sindicato Rural de Primavera, o setor público, o setor produtivo e vários empresários, se dedicaram demais para que esse sonho se tornasse realidade. Gostaria de agradecer ao CEO Rafael Abud, ao Sócio Marino Franz e todos os demais diretores que viram em Primavera do Leste e região um grande potencial para viabilização desse projeto”.

Hoje, com as duas maiores plantas de etanol 100% de milho do país, em Lucas do Rio Verde e Sorriso, no Mato Grosso, a FS já soma mais de 1,4 bilhão de capacidade produtiva de litros de etanol/ano e, com a inauguração da unidade de Primavera do Leste, a companhia deve se tornar uma das quatro maiores produtoras de etanol do Brasil, alcançando uma capacidade produtiva de 2 bilhões de litros de etanol/ano.

Com o plano de investimento, que contempla ainda mais três unidades industriais até 2026, todas no estado do Mato Grosso, a FS atingirá a marca de capacidade produtiva de 5 bilhões de litros de etanol por ano, aproximadamente.

 

Pandemia x crescimento

O plano anterior da FS Bioenergia era de investir R$ 1 bilhão para começar a erguer a 1ª fase da unidade de Nova Mutum, mas devido a pandemia a obra anunciada para 2019 não foi para frente.

Quando esteve em Primavera do Leste no ano de 2019, quando assinou o protocolo de intenção para instalação da usina de etanol a base de milho na cidade, Rafael Abud, CEO da FS, chegou a dizer que as obras iniciariam em 2020, porém, a pandemia também atrapalhou esses planos, que serão concretizados agora.

Segundo Rafael, o motivo de priorizar a obra em Primavera do Leste, é o acesso farto ao milho, além da proximidade com a ferrovia.

Os investimentos em Nova Mutum não foram descartados, e a empresa pretende ainda erguer as plantas em mais duas cidades (Querência e Campo Novo do Parecis) além de Mutum.

 

Sobre a FS

Pioneira na produção nacional de etanol inteiramente à base de milho, a instalação da empresa terá capacidade para produção anual de 530 milhões de litros de etanol, 340 mil toneladas de farelo de milho, 17 mil toneladas de óleo de milho e cogeração de energia elétrica de 130 mil megawatts, suficiente para abastecer uma cidade de até 55 mil habitantes.

FS Bioenergia utiliza tecnologia de ponta com produção em ciclo fechado, gerando zero efluentes e reaproveitando os resíduos do processo produtivo. Ainda com foco em sustentabilidade e meio ambiente, a empresa participa da formação de uma floresta de 30 mil hectares de eucaliptos plantados a fim de assegurar o fornecimento de biomassa, como fonte energética para suas instalações em território nacional.

1 Comentário(s)
Falaram que a instalação dessas usinas de etanol de milho iria baratear o etanol mas isso não aconteceu! A gasolina aumenta e o etanol também sempre mantendo os 70% de diferença! Pro povo não melhorou nada! Só pros donos dessas empresas e pro governo!
enviado por: Sidnei em 24/11/2021 às 21:40:15
0
 
0
responder
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a redução de vereadores em Primavera do Leste?
Sim
Não, prefiro a redução do duodécimo
Não tenho opinião formada sobre o assunto