propaganda

SAÚDE PÚBLICA /

Segunda-feira, 20 de Junho de 2022, 06h:30

A | A | A

Rondonópolis terá hospital do câncer para atender moradores da região Sul

A verba para o início da obra já está alocada no Governo do Estado


Imagem de Capa
A Tribuna

No início do mês de maio, a área para a construção do Centro de Prevenção e Tratamento de Câncer de Rondonópolis foi escolhida, a área possui 17 mil metros quadrados e está localizada atrás da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR).

A expectativa é que, diante da aprovação do local, seja celebrado o convênio para a construção do prédio. A verba para o início da obra já está alocada no Governo do Estado. Nos próximos dias, o governador Mauro Mendes deve ir a Rondonópolis para dar andamento no processo.

A construção do centro será no modelo instituído pelo Hospital de Amor de Barretos, considerado referência nacional e internacional na oncologia. A previsão é que em um ano comecem os atendimentos. O Centro será construído pelo Governo do Estado com previsão de investimento de R$ 37 milhões, em parceria com o Hospital do Amor. A área será doação do Município à Fundação Pio XXII e o acompanhamento da obra ficará a cargo do hospital.

Segundo o coordenador de Eventos do Hospital de Amor na cidade, Nilson Novaes Porto, além dos exames para prevenção e detecção do câncer, também será construída uma clínica para procedimentos pouco invasivos, como retirada de pequenos tumores. Ainda está programada a aquisição de uma carreta para dar suporte aos municípios vizinhos para que as pessoas possam fazer exames de imagem e serem encaminhadas ao local. “Rondonópolis será a referência, terá o centro de diagnóstico e a clínica, mas o projeto irá beneficiar mais de 30 cidades”, salientou.

A proposta é, diante da detecção do câncer, o paciente receba tratamento imediato, ou seja, encaminhado logo para cirurgia. “Se a doença estiver no início, a pessoa já passa pela pequena cirurgia; se estiver em estágio mais avançado, o paciente deverá ser encaminhado para Santa Casa ou até mesmo para Barretos, se for preciso”, finalizou Nilson.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você apoia o pagamento de 13º salário para vereadores, prefeito, vice e secretários?
Sim
Não, eles já recebem demais.
Não tenho opinião formada sobre o assunto