propaganda

CONTAGEM POPULACIONAL /

Terça-feira, 02 de Agosto de 2022, 06h:30

A | A | A

Censo 2022 começa a ser realizado em todo o país

Todos os imóveis brasileiros serão visitados


Imagem de Capa
Wellington Camuci

Desde segunda-feira (01), os brasileiros começaram a receber a visita dos recenseadores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE para a realização do Censo Demográfico 2022. Serão visitados aproximadamente 75 milhões de domicílios em todo o Brasil.

O Censo acontece após 12 anos sem levantamento. O trabalho é realizado a cada 10 anos e o último estudo foi realizado em 2010, sendo previsto inicialmente para 2020, porém foi adiado devido a pandemia da Covid-19. A previsão é que toda a pesquisa seja concluída até dezembro.

O Censo Demográfico é a principal fonte de referência para que se conheça as condições de vida da população. Como o último foi realizado em 2010, governos e prefeituras têm utilizado modelos matemáticos com a estimativa do número real da população para gerir recursos, administrar verbas e planejar políticas públicas.

De acordo com a estimativa do IBGE, Primavera do Leste tem 63.876 habitantes. Este número é atualizado anualmente por estimativa. Acredita-se que a população do município seja bem maior. Levantamentos feitos pelo poder público, apontam que a cidade se aproxima de 90 mil habitantes somente na área urbana.

Importância do Censo

Além de ser a principal fonte de referência populacional, o Censo Demográfico é uma importante ferramenta utilizada na destinação de recursos aos estados e municípios. Entre os recursos está o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) que é repassado em três parcelas mensais.

No FPM os municípios são divididos em três categorias: capitais, interior e reserva. Com exceção das capitais brasileiras, todos os municípios recebem de acordo com o quantitativo populacional, estimado pelo IBGE.

O FPM é um fundo pelo qual a União repassa, a cada dez dias (por isso o nome “decêndio”), 22,5% do que arrecada com o Imposto de Renda (IR) e com o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) aos municípios. A cada mês, portanto, são três transferências, que ocorrem nos dias 10, 20 e 30. Se a data cair no sábado, domingo ou feriado, o repasse é antecipado para o último dia útil anterior.

Os percentuais de participação de cada município são calculados anualmente pelo Tribunal de Contas da União - TCU e a divisão do FPM é feita da seguinte forma:

- Capitais e Distrito Federal dividem 10% do FPM;

- Municípios do interior dividem 86,4%;

- Municípios com população acima de 142.633, além de participar da divisão dos municípios de interior ainda dividem mais 3,6% do fundo.

 

Censo 2022

Responder ao Censo é obrigatório no Brasil. De acordo com a Lei do Sigilo Estatístico, de 1967, todos que residem no país são obrigados a prestar as informações solicitadas pela Fundação IBGE, sob pena de multa.

A lei também garante que os dados individuais de uma pessoa ou domicílio jamais sejam divulgados ou repassados pelo IBGE a terceiros. A coleta dos dados tem por único objetivo a produção de estatísticas oficiais.

No Censo 2022, haverá dois tipos de questionários: o ampliado (amostra) com 77 perguntas, que será aplicado em 11% dos domicílios do país; e o questionário simplificado (básico) com 26 perguntas, que será aplicado em 89% dos domicílios. Todas as perguntas do básico também estão contidas no questionário de amostra. A média do tempo de resposta para os questionários varia entre 5 e 15 minutos, aproximadamente.

Os questionários a serem respondidos ficaram menores em relação ao Censo de 2010 e três novas questões foram incluídas para detalhar informações sobre a população quilombola e sobre pessoas diagnosticadas com o Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Todos os recenseadores devem estar uniformizados e utilizando os equipamentos necessários para o levantamento dos dados. É possível identificar os recenseadores do IBGE a partir dos seguintes parâmetros: boné azul com logo do Censo; colete do IBGE; crachá de identificação, que pode ser confirmada através do QR Code; dispositivo Móvel de Coleta (DMC).

O questionário básico traz os seguintes blocos de perguntas:

Identificação do domicílio;

Informações sobre moradores;

Características do domicílio;

Identificação étnico-racial;

Registro civil;

Educação;

Rendimento do responsável pelo domicílio;

Mortalidade;

Dados da pessoa que prestou as informações.

Já o questionário da amostra investiga, além dos blocos contidos no questionário básico:

Trabalho;

Rendimento;

Nupcialidade;

Núcleo familiar;

Fecundidade;

Religião ou culto;

Pessoas com deficiência;

Migração interna e internacional;

Deslocamento para estudo;

Deslocamento para trabalho;

Autismo.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você apoia o pagamento de 13º salário para vereadores, prefeito, vice e secretários?
Sim
Não, eles já recebem demais.
Não tenho opinião formada sobre o assunto