REFLEXÃO /

Segunda-feira, 09 de Setembro de 2019, 07h:00

A | A | A

Pergunte ao silêncio

Fico imaginando se grande parte da população meditasse


Imagem de Capa
Diego Costa

Desde de que nascemos estamos recolhendo todo o tipo lixo em nossa mente, que muitas das vezes estão espalhados por todos os lugares de nossa cabeça e acabamos vivendo em uma lata de lixo.

Nos limitando de ter uma visão além da lixeira, por que ficamos tão identificados e apegados a ela que nos tornamos compulsivos em nossos processos de pensamentos e emoções, acabamos acreditando que somos eles.

Ficamos tão saturados de nós mesmos que não conseguimos ficar parados sozinhos em silêncio e somente respirar consciente porque vem uma grande onda de compulsões corporais, diarreias mentais e emocionais quase que insuportáveis. Dando a sensação que a única forma de saciar tudo isso é se tornar cada vez mais apegado e compulsivo, através das nossas identificações, ficando nesse infindável e insatisfatório círculo repetitivo de quem você acredita que é.

Acreditando que a felicidade está sempre em algo a se conquistar (pessoas, matéria, dinheiro, poder, crenças ou até mesmo um jeito específico de ser).

Ouço pessoas dizendo que não conseguem ficar paradas, que muito sossego e paz não são pra elas. (Afinal quem não quer paz? Se não estivermos em paz não conseguimos realizar nada, nem mesmo comer e inclusive ficar em equilíbrio e em êxtase).

Ficar com a mente em seu estado “natural” acaba se tornando um grande tédio, pois estamos operando a máquina mais sofisticada e sensível do mundo igual um ferreiro.

Só pelo fato de não nos conhecermos, nos tornando tão apegados e compulsivos em nossas identificações para tentar saciar nossa mente. Tentamos ser ilimitados no limitado. Muitas vezes insatisfeitos, queremos “atalhos” como drogas licitas e ilícitas, queremos acreditar em conclusões que não estão nem em nossas experiências e das pessoas que afirmam. Tudo para gerar uma certa ilusória quietude na mente sobre os prazeres, criamos e nos identificamos para nossa “felicidade”. 

PRAZER NÃO É FELICIDADE!

Tenho a visão de que autoconhecimento é umas das formas mais e puras e inteligente de gerar paz, felicidade e prazer verdadeiro, sem depender do externo. Não ficando aprisionados e compulsivos às identificações. Pessoas inteligentes não estão afim de dominar e manipular os outros, e sim se conhecerem.

Meditação não é uma certa “prática”, mas é você se tornar meditativo e verá a estrada do autoconhecimento que, por mais lixo que você tenha carregado em seu HD, não irá te afetar tão facilmente. É a distância entre você, seu corpo e mente. É conseguir enxergar além do lógico e ver tudo como vida. 

Acredito que a meditação é essencial para TODOS. Ainda mais nesse planeta em que as maiores indústrias são de armamento, bebidas, cigarros, e medicamentos, sem falar dos ilícitos nesse ramo, do consumismo desenfreado e a miséria ao lado.

Que tipo de humanos estamos nos tornando? Que geração vamos deixar? Por mais tecnologia e conforto que temos, parece que essa geração está se degradando. Setembro amarelo, desse jeito, estamos pedindo para ser amarelo a ano todo.

Tem dois anos que me tornei medidativo, e pratico todos os dias a meditação. Que me fez perceber quanto estúpido eu era, e ainda sou por causa das minhas identificações. E quanto isso está me afeta e ao meu próximo. Ela está me trazendo cada vez mais a compreensão que não sou minha mente e nem meu corpo.

Tenho gamas de emoções e compulsões negativas durante meus momentos sim! Mas, com certeza, com muito mais equilibro.

Meditação não foi criado e inventado, foi revelada para você não se tornar escravo da sua mente e emoções, mas sim, elas serem suas escravas.

É um processo da natureza. Que pode ser feito por todos, indiferente de idade, cultura e religião.

Meditação é a autolimpeza da mente, que vai te mostrar o caminho da consciência. Meditação deve ser cultivada igual as plantas, se colocarmos os ingredientes e fazer os procedimentos certos e regar todos os dias, o desenvolvimento será certo.

É um caminho longo e construído, porém, puro e duradouro, que pode levar dias e semanas ou meses, vai depender de você. Mais quando florescer é lindo, porque é satisfatório correr atrás do ilimitado rompendo limitações e não as criando. Onde sua mente deve ser regada todos os dias. Se não sua flora cairá.

Meditação é vida, é desidentificação e conexão com o todo.

Uns dos ingredientes mais simples e muito poderoso não só para a meditação, mas também para se levar na vida é a respiração consciente pela as narinas o tempo inteiro, sempre que lembrar respire consciente.

Respire suavemente e profundamente. Encha a barriga e o peito de ar. Ou só um, ou outro. Se teste, se descubra. Tome consciência que uma vez sem inalar você já era! Parece simples de respirar consciente o tempo todo, porém, vai te fazer perceber que não temos nem controle continuo da nossa respiração. Imagina da mente. Mas não desanime, quanto mais conscientes de nossa respiração, mais serena ficará a mente. O jeito que respiramos é jeito que pensamos.

Meditação está muito mais além do que desacelerar seus pensamentos para seu cérebro não ferver ou suas emoções tomarem conta.

Talvez você possa começar a entender o que é meditação quando você começar a sentir falta dela, igual quando sente falta de fazer suas necessidades pessoais.

RESPIRE CONSCIENTE, E PERGUNTE AO SILÊNCIO. 

Namastê!

 

Diego Costa

professor de Yoga

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Você tem caráter?

Inquestionavelmente, o caráter é a soma total daquilo que você é, que eu sou, sem nenhum tipo de máscara

A diferença entre ética e moral

Moral é o conjunto de regras que orientam o comportamento do indivíduo dentro de uma sociedade

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

26/06 - Em cerimônia pontuada por bom gosto e emoção na Igreja Matriz, Thayara Rodrigues & Duan Pilonetto receberam a bênção matrimonial no último sábado, 22. Impecavelmente vestida pelo estilista mais famoso do Brasil, Lucas Anderi, a noiva emocionou os convidados logo antes da sua entrada com depoimento para o noivo. Já ele usava um terno Camargo, sendo que o estilista fez questão de colocá-lo em suas redes sociais. Com um flashmob feito pela Musique Casamentos, cantores e violinos surgiam entre os convidados enquanto as alianças eram conduzidas pela avó da noiva ao altar. Queima de fogos iluminaram a noite ao final da cerimônia religiosa. O salão do Centro de Eventos Primacredi foi transformado com suntuosa decoração por Anna Carolina para receber o em torno de 500 convidados para a celebração da boda. O buffet sempre agradável de Dulce Aguiar, (Roo) servia de volantes como as panelinhas quentes até um buffet de comida japonesa requintado, na ímpar noite que foi adoçada pelas receitas de Claudete Zandoná. A animação da festa ficou a cargo da Banda Bis de Cuiabá, além do receptivo da Musique com apresentação do Brass Live durante a festa que foi até as 6 da manhã. Um dos pontos altos da noite foi a surpresa feita pelos padrinhos que interromperam o final da apresentação dos noivos, surpreendendo com todas as músicas que os recém casados gostam e fazendo a festa já pegar fogo, mais uma das brilhantes ideias do Cerimonial Fabiano Fernandez que produziu e atendeu todo o evento com a mesma maestria de sempre, já conhecida e aprovada. Confira mais flashes by Marcello Holanda . Fotos oficiais Fares Rames.

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.