Polícia Federal /

Sexta-feira, 18 de Maio de 2018, 07h:25

A | A | A

PF combate fraudes previdenciárias no Pará

Belém/PA – A Polícia Federal, com o apoio do Núcleo de Inteligência Previdenciária-NUINP,  deflagrou nesta sexta-feira (18/5) a Operação...


Imagem de Capa

Belém/PA – A Polícia Federal, com o apoio do Núcleo de Inteligência Previdenciária-NUINP,  deflagrou nesta sexta-feira (18/5) a Operação Espúrio*,  com o  objetivo de desarticular uma associação criminosa especializada em fraudar benefícios previdenciários assistenciais (LOAS), em Belém/PA.

Estão sendo cumpridos oito mandados judiciais, sendo quatro mandados de prisão temporária e dois mandados de busca e apreensão. A Justiça Federal também determinou a imediata suspensão de 16 benefícios previdenciários com fortes indícios de serem fraudulentos, cujo prejuízo estimado, conforme levantamento da NUINP é de mais de R$ 2 milhões.

As investigações se iniciaram a partir de denúncia de que, nos endereços dos investigados, chegavam correspondências do INSS, referentes à benefício previdenciário LOAS,  em nome de terceiros que não residiam em tais locais. O trabalho de inteligência policial detectou que tais benefícios teriam sido concedidos a pessoas fictícias e que a associação criminosa criava toda a documentação (RG, CPF, CTPS) inserindo alguns dos seus próprios dados pessoais na fraude. A documentação forjada servia para embasar o requerimento de benefício previdenciário junto ao INSS.

Os investigados responderão pelos crimes de associação criminosa e estelionato previdenciário. Os presos serão encaminhados para o Sitema Prisinoal em Belém/PA, onde ficarão à disposição da Justiça Federal.

Comunicação Social da Polícia Federal no Pará

Contato: (91)3214 8029 /992809372

cs.srpa@dpf.gov.br

* Espúrio: adjetivo que vem do latim, mais concretamente do vocábulo spurius. Pode-se dizer que possui dois significados. Por um lado, refere-se a algo ou alguém que desde a sua origem se encontra degenerado por algum motivo. Por outro lado, trata-se de tudo que é enganoso, perverso, inautêntico ou falso em algum sentido.


0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

21/05 - Na noite do último sábado, 19, os holofotes estavam voltados para o casal Rosi e Moacir Quaini que celebrou 30 anos de união com pomposa festa, no centro de eventos Primacredi. A romântica história de amor que teve inicio em 1988, na Catedral do Divino Espirito Santo, em Cruz Alta- RS, foi reafirmada, dessa fez com a presença dos frutos da união, os filhos Leonardo e Letícia Quaini. Há cerca de aproximadamente um ano juntamente com a cerimonialista Sibeli Salvatori os noivos começaram a organizar a noite que será eternizada para sempre. Profissionais de mão cheia foram convocados para a suntuosa comemoração. A décor Silvânia Costa traduziu toda a magnitude da celebração nos detalhes da imponente decoração em tons de branco, verde e champanhe. O buffet foi assinado pela requisitada Mirian Avila, e o repertório musical ficou por conta da banda Comunicasom que animou os convidados até altas horas da matina. Os filhos Letícia e Leonardo não conteram as lágrimas ao proferirem homenagem aos pais expressando todo amor, carinho e gratidão ao voltarem ao tempo e relembrar, como a união pautada no amor e cumplicidade vence os desafios do tempo. A bênção de renovação dos votos de amor e fidelidade foi ministrada pelo frei Constantino e testemunhada por em torno de 250 convidados que celebraram o momento ímpar com a família que esbanjou felicidade do começo ao fim da noite. As fotos oficiais foram registradas pelas criteriosas lentes do cuidadoso e atento fotógrafo Marcello Holanda. Nossa coluna hoje é exclusiva em homenagem a badalada Bodas de pérola e destaca momentos de emoção dos queridos Rosi e Moacir Quaini que distribuíram abraços e sorrisos durante toda a comemoração. Confiram!

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.