Mato Grosso /

Sábado, 10 de Novembro de 2018, 11h:05

A | A | A

PM prende suspeitos de agressão em peixaria de Bonsucesso

Seis homens com idades entre 23 e 38 anos, entre eles, três com tornozeleira eletrônica, aprontaram desordem em uma peixaria da região do Bonsucesso...


Imagem de Capa

Seis homens com idades entre 23 e 38 anos, entre eles, três com tornozeleira eletrônica, aprontaram desordem em uma peixaria da região do Bonsucesso em Várzea Grande, na tarde de sexta-feira (09.11). Policiais do 4º Batalhão conseguiram deter os elementos, que teriam agredido uma mulher. Os suspeitos possuem diversas passagens por  furtos a caixa eletrônico, correios e tráfico de drogas.

Segundo informações no local, Ana Carolina  Nunes de Paula, 23, foi agredida com socos e tapas pelo suspeito Genivaldo de Souza Machado, 38, que é ex-marido da vítima. Ele estaria acompanhado dos demais elementos armados que também ameaçaram a vítima com palavras e, em seguida, teriam fugido. Um cliente do estabelecimento teria visto os conduzidos jogando duas armas de fogo, mas não foram encontradas nos terrenos baldios da redondeza, nem nas margens do rio.

Os suspeitos também possuíam alguns veículos de luxo, entre eles, uma Hilux branca que estava com o lacre rompido, fato que motivou a condução até a delegacia de polícia. Um Sandero e um UP também ficaram na delegacia.

Foi apreendido ainda  R$ 24.627,00 mil e cinco dólares, valores que não souberam explicar a origem, um tablete de entorpecente, três relógios, cinco correntes e uma pulseira, um óculos de sol, carteiras, um passaporte, duas carteiras de habilitação e uma de trabalho, vários cartões bancários e de estabelecimentos comerciais, além de 8 celulares com conversas de documentações e saques de pessoas que afirmam ser de desconhecidos. Também se negaram a dizer de quem eram os aparelhos encontrados nos carros.

Durante a elaboração do boletim de ocorrência, vítimas chegaram informando que foram lesadas em alguns golpes na OLX e a quantia do prejuízo coincide com o montante em poder dos suspeitos. Vale ressaltar que vários advogados compareceram na delegacia se identificando como representantes dos conduzidos. Porém, os suspeitos negaram gerando atrito entre eles mesmos.

Além do suspeito Genivaldo, foram detidos Igor Marques Pinheiro, 22 anos, Tony Heleno Costa de Pinho, 23, e os três com tornozeleiras são João Vanderson Silva da Cunha, 28, Felipe Augusto Marcelo da Silva, 28, e Robenson Gusmão Santana Junior, 27.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.