Internacional /

Sábado, 10 de Novembro de 2018, 10h:16

A | A | A

Bolsonaro quer turismo para preservar meio ambiente e Enem com "o que interessa"

Reprodução Em live, Jair Bolsonaro defendeu o turismo como forma de preservação do meio ambiente Jair Bolsonaro voltou a usar as redes sociais...


Imagem de Capa
Em live, Jair Bolsonaro defendeu o turismo como forma de preservação do meio ambiente
Reprodução
Em live, Jair Bolsonaro defendeu o turismo como forma de preservação do meio ambiente


Jair Bolsonaro voltou a usar as redes sociais para defender suas ideias e explanar o que pretende fazer quando assumir o governo. Através do Twitter, o deputado afirmou que associar o turismo ao meio ambiente é uma forma de preservar áreas. De acordo com o presidente eleito, a forma de bloqueio atual do Ibama trava o desenvolvimento.

Leia também: Bolsonaro entrega prestação final de seus contas de campanha ao TSE

O tweet corrobora a ideia ambiental defendida por Jair Bolsonaro na noite desta sexta-feira (9) em uma live no Facebook. Falando ao público, o político disse que hotéis deveriam ser usados para proteger áreas e não o impedimento deles.

 "Se tivessem hotéis em áreas protegidas, o meio ambiente estaria preservado. O turismo preservaria o meio ambiente e não essa forma xiita do Ibama", afirmou. 

Segundo o presidente eleito, o “viés ideológico” trouxe a falsa mensagem de que o desenvolvimento através do turismo agride o meio ambiente, o que, ao seu ver, é o contrário.

Leia também: CNJ vai investigar se faltou ética a Moro ao aceitar ser ministro de Bolsonaro

“O turismo associado ao meio ambiente é uma ótima fórmula comprovada para a preservação. A alegação do intocável age em prol de pequenos grupos, sugar a mente de inocentes, encher o bolso de poucos e dominar a grande maioria envolvida, travando o verdadeiro desenvolvimento”, escreveu Bolsonaro no Twitter.

Jair Bolsonaro quer mudança no Enem do ano que vem

Jair Bolsonaro defende um Enem apenas com
Divulgação/ Facebook Jair Messias Bolsonaro
Jair Bolsonaro defende um Enem apenas com "o que interessa", sem "viés ideológico"


Dois dias antes dos exames finais do Enem, o deputado aproveitou para afirmar que não permitirá a inclusão de questões de gênero ou ideológicas na prova. Segundo ele, questões polêmicas só servem para criar brigas entre grupos.

Leia também: Ciro compara petista a "bolsominion" e comete gafe ao atacar Paulo Guedes

Jair Bolsonaro  defende que a prova trate apenas “do que interessa” e não de termos menos utilizados pelos brasileiros. Ele se referia à questão que mencionava o "pajubá, dialeto secreto de gays e travestis" como exemplo de patrimônio linguístico. 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.