Cuiabá /

Sábado, 13 de Outubro de 2018, 15h:45

A | A | A

Prefeitura promove Outubro Rosa iluminando a fachada do Palácio Alencastro

Luiz Alves Clique para ampliar No ritmo da campanha Outubro Rosa, que traz em sua simbologia o combate ao câncer de mama, a Prefeitura de Cuiabá...


Imagem de Capa

No ritmo da campanha Outubro Rosa, que traz em sua simbologia o combate ao câncer de mama, a Prefeitura de Cuiabá deixou sua tradicional cor verde um "pouquinho de lado" e entrou na onda rosa neste mês. Com a fachada do Palácio Alencastro toda iluminada com a cor da campanha, o Poder Executivo Municipal tem o objetivo de difundir a conscientização, quebrar tabus e ampliar o acesso à informação sobre a doença, seu tratamento e o quanto a prevenção salva vidas.

O prefeito Emanuel Pinheiro, precursor desta iniciativa no órgão, juntamente com a primeira-dama Márcia Pinheiro, destacam que a premissa da gestão é humanizar os serviços para possibilitar que a população cuiabana tenha uma qualidade de vida melhor.

“A questão da saúde tem sido minha maior preocupação, por isso tenho colocado toda equipe no emprenho de desenvolver ações, projetos, planos que resolvam os gargalhos que se instalaram durante anos na saúde do município. Assim, a Prefeitura não poderia ficar de fora dessa grande mobilização no combate ao câncer de mama. O Brasil está entre os países com alto índice da doença. Sabemos, pelos registros dos órgãos de saúde, que cerca de 60 mil casos são esperados até o fim deste ano, sendo que 14% das mortes por câncer são por complicações do câncer de mama. Diante deste cenário, o intuito é usar nossas ferramentas em prol dessa campanha e contribuirmos para a diminuição dessa triste taxa. Vamos continuar investindo em políticas públicas de prevenção e na gestão de recursos, alertando a população da importância da adoção de hábitos saudáveis”, evidencia Pinheiro.

Além da iluminação do Palácio, os servidores também estão promovendo várias ações de incentivo à campanha. Com reuniões, palestras, enfeites e adesão à vestimenta rosa, em especial a camisetas da campanha, a equipe do Executivo vem difundindo o tema. A primeira-dama Márcia, à frente de vários eventos, como este, deste o início da gestão, reitera a relevância do poder público em aderir ao tema.

“Como gestores, temos o dever de promover a informação e expandi-la entre os cidadãos. Eu, sendo mulher, sempre estou atenta aos exercícios de prevenção e procuro levar isso por onde vou. Assim, quando o Emanuel assumiu a Prefeitura, já tinha em minha mente desenvolver projetos assistenciais junto à população, que trabalhassem à questão da conscientização de vários temas, como o câncer de mama. Juntas podemos mais,” lembra Márcia.  

Entre o quadro de servidores do Município que aderiram ao Outubro Rosa, está a publicitária Izabela Rodrigues Dias. Com 27 anos completados recentemente, a jovem conta que desde a sua adolescência a mãe já ensinava sobre a importância da prevenção no combate às doenças. “Na minha casa somos eu e mais duas mulheres -  minha mãe e minha irmã. Lá todas nós sempre fazemos o autoexame e passamos por check-up médico. Eu e minha irmã crescemos aprendendo essas boas práticas. Isso fez a diferença no nosso desenvolvimento. Assim, acredito que essa união traz muitos resultados e a gestão vem, incansavelmente, investindo em ações que mobilizem a população para uma vida mais saudável," declara Izabela.

 

História -  Outubro foi escolhido, mundialmente, há 20 anos, para ser o mês da promoção da campanha de conscientização e prevenção do câncer de mama: o Outubro Rosa. A história começou nos Estados Unidos em 1990, quando a população realizou a Corrida pela Cura, em mobilização pelas ruas nova-iorquinas, carregando no peito os laços cor de rosa. A mobilização chamou atenção e em poucos anos várias cidades americanas aderiram ao simbolismo rosa como forma de expressar a importância dos cuidados do autoexame na cura da doença. 

E logo uma onda rosa se instalou pelo mundo. No Brasil, a adoção da campanha foi em 2002, na cidade de São Paulo, quando o Monumento – Mausoléu do Soldado Constitucionalista, conhecido como Obelisco do Ipiranga, foi todo iluminado com luzes rosa.  E em 2008 foi a vez do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, ganhar a cor em prol da mobilização. 

Em Cuiabá, vários pontos da cidade, nesta época, também ganham a graciosa cor. A Igreja Católica Maria Auxiliadora tem sua cor rosa levemente ressaltada com uma iluminação durante à noite. Os shoppings da Capital e comércio também participam do movimento. A Associação MTmamma lidera a maioria das ações pela cidade, promovendo shows, caminhadas, palestras, exposição de acessórios confeccionados pelas mulheres que freqüentam o espaço.  

 

 

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.