OCORRÊNCIAS /

Quinta-feira, 29 de Março de 2012, 18h:48

A | A | A

3 pessoas foram detidas por direção perigosa

Nas últimas 24 horas foram registrados 7 boletins de ocorrência e 1 boletim de acidente.


Redação: Jaqueline Hatamoto

Nas últimas 24 horas foram registrados 7 boletins de ocorrência e 1 boletim de acidente. Dos boletins registrados, 3 foram de crimes contra patrimônio e 2 por direção perigosa, onde pelo menos 3 pessoas foram encaminhadas para a delegacia.
Um dos flagrantes por direção perigosa aconteceu no bairro Primavera III.
Após denúncias via 190, que relatavam que um indivíduo aparentando estar embriagado estava conduzindo um veículo de forma perigosa, colocando em risco a vida de terceiros.
A viatura se deslocou até o referido bairro e conseguiu localizar e abordar o veículo.
No momento da abordagem, foi possível constatar que o suspeito se encontrava embriagado, ele foi submetido ao teste do bafômetro e o resultado foi 0,99 mg/l. A lei 11.705 a famosa lei seca, aponta que acima de 0.22 mg/l, já é considerado crime, e o condutor pode ser preso,  o valor da multa aplicada é de R$ 957,00.
Com base na lei, o condutor Cleber Rodrigo Souza da Silva foi encaminhado para a delegacia.
Um outro caso de direção perigosa foi registrado na noite de quarta-feira (28), no bairro São Cristóvão.
Em rondas pelo bairro, a polícia se deparou com os suspeitos em uma motocicleta, andando em alta velocidade pelas ruas e avenidas.
Ao avistarem a viatura, os indivíduos continuaram em alta velocidade e entraram pela contra-mão a fim de escapar da polícia.
Para tentar coibir a fuga dos suspeitos, a polícia efetuou um disparo de arma calibre 22, com munição não letal.
Após os disparos, os suspeitos foram abordados no cruzamento da Avenida Coxilha com a Avenida Luiza Riva, pararam e foram identificados como: Jhonne Marcos Alves Gonçalves de 22 anos e Wellington Ribeiro da Silva de 25 anos.
Os dois foram encaminhados para a delegacia e devem ser indiciados por direção perigosa.
A pena para tal contravenção é de 15 dias há três meses de detenção ou multa.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

21/05 - Na noite do último sábado, 19, os holofotes estavam voltados para o casal Rosi e Moacir Quaini que celebrou 30 anos de união com pomposa festa, no centro de eventos Primacredi. A romântica história de amor que teve inicio em 1988, na Catedral do Divino Espirito Santo, em Cruz Alta- RS, foi reafirmada, dessa fez com a presença dos frutos da união, os filhos Leonardo e Letícia Quaini. Há cerca de aproximadamente um ano juntamente com a cerimonialista Sibeli Salvatori os noivos começaram a organizar a noite que será eternizada para sempre. Profissionais de mão cheia foram convocados para a suntuosa comemoração. A décor Silvânia Costa traduziu toda a magnitude da celebração nos detalhes da imponente decoração em tons de branco, verde e champanhe. O buffet foi assinado pela requisitada Mirian Avila, e o repertório musical ficou por conta da banda Comunicasom que animou os convidados até altas horas da matina. Os filhos Letícia e Leonardo não conteram as lágrimas ao proferirem homenagem aos pais expressando todo amor, carinho e gratidão ao voltarem ao tempo e relembrar, como a união pautada no amor e cumplicidade vence os desafios do tempo. A bênção de renovação dos votos de amor e fidelidade foi ministrada pelo frei Constantino e testemunhada por em torno de 250 convidados que celebraram o momento ímpar com a família que esbanjou felicidade do começo ao fim da noite. As fotos oficiais foram registradas pelas criteriosas lentes do cuidadoso e atento fotógrafo Marcello Holanda. Nossa coluna hoje é exclusiva em homenagem a badalada Bodas de pérola e destaca momentos de emoção dos queridos Rosi e Moacir Quaini que distribuíram abraços e sorrisos durante toda a comemoração. Confiram!

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.