GENTE NOVA /

Domingo, 16 de Junho de 2013, 20h:01

A | A | A

Empreendedora deixa Cruz Alta para montar loja em Primavera

No sul ela possuía uma empresa que representava duas grandes marcas alimentícias


Imagem de Capa
Redação: Maysa Pontalti
Foto: Maysa Pontalti
Proprietária da Tati Bijuterias que fica na Rua Rondonópolis, 62, Centro.
Tatiana Leal é natural de Cruz Alta (RS) e se mudou para Primavera do Leste em outubro de 2012. O que a motivou tomar essa decisão foi o trabalho de seu marido, Vinicius Martins, que presta serviços para uma multinacional em Primavera desde julho do ano passado.
No sul ela possuía uma empresa que representava duas grandes marcas alimentícias há sete anos e com a decisão tomada de se mudar para o Mato Grosso, deixou a empresa para os seus pais darem continuidade e veio para o nosso município, trazendo consigo os dois filhos do casal, Milena de 10 anos e Túlio de apenas 3, reunindo assim a família novamente.
Há 4 meses a nova primaverense inaugurou sua loja “Tati Bijuterias”, que fica localizada na Rua Rondonópolis, 62, Centro. Seu novo empreendimento consiste na venda de acessórios para cabelo, bolsas, brincos, colares, pulseiras, além de estruturar brincos e colares de acordo com a preferência das clientes.
Tati, como gosta de ser chamada, é apaixonada por vendas e adora ler sobre o assunto. “Gosto muito de estudar e faço desse gosto uma ferramenta para o meu trabalho, buscando compreender o significado dos objetos que estão na moda e os que estão por vir”, salienta a empresária.
Ela também justifica porque escolheu essa área de atuação. “Eu acredito que esse é um ramo que te mantém bem no mercado porque as mulheres adoram novidades e esse seria um meio de estar trabalhando com as tendências, com a moda”, confirma sorrindo.
Sobre a cidade, ela só cita qualidades. “Primavera é muito promissora e toda mudança gera uma expectativa e a lei da expectativa me motiva muito. Me surpreendi com a hospitalidade das pessoas, me acolheram muito bem e estou realizada aqui”, finaliza.
Tatiana é formada em processos gerenciais e fez curso de promotora de vendas. Seu marido possui uma empresa prestadora de serviços para empresas em geral – Eletron. 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
O que você pensa sobre as obras da BR-070?
Dessa vez vai?
Será um transtorno, mas para o bem?
Vai demorar de mais para ficar pronta?
Com certeza as obras ficarão paradas?
Será um transtorno inútil?